Why do we seek with that much passion those images of bodies dragged through the streets. Why do we pursue those images of blood. Why do we want filth. Why do we want sweat. Why do we want tears. Why do we want cum. Why do we want saliva. Why do we want body fluids. Why do we want

Why do we want the apocalipse?

in the Greek myth Leda and the Swan Zeus transfigures himself into a swan and lays two eggs inside Leda during intercourse. This myth was widely represented through art history, resulting on romanticized images of this relation that, to me, does not represent a consensual erotic union.

Leda is a performance where I fill with air and have sexual interaction with an inflatable swan while a compilation of images of dead white animals at the sound of Swan Lake ballet plays on a screen.

Porque buscamos com tanta paixão as imagens de corpos arrastados pelas ruas. Porque perseguimos as imagens de sangue. Porque os filmes que lotam bilheteiras pingam sangue e soltam fogo das explosões. Porque queremos o horror. Porque queremos o sangue. Porque queremos o fogo. Por que queremos a sujeira. Porque queremos o suor. Porque queremos as lágrimas. Porque queremos o gozo. Porque queremos a porra. Porque queremos a saliva. Porque queremos os fluídos. Porque queremos

Por que queremos o apocalipse?

Leda e o Cisne é a história da mitologia grega onde Zeus se transfigura em cisne e coloca dois ovos em Leda, rainha da Esparta, durante o coito. Essa história foi amplamente representada ao longo da história da arte, sempre resultando em imagens romantizadas dessa relação que, em minha leitura, não se trata de uma união consensual.

Leda é uma performance onde eu encho de ar e tenho interações sexuais com um cisne inflável enquanto um monitor roda uma compilação de imagens de animais mortos ao som do ballet Lago dos Cisnes.

Leda (matou o Cisne), 2019

60x42 cm

Os Cisnes de Leda, 2020

129x126 cm

©2021 luisa callegari